domingo, 3 de maio de 2009

everybody wants you when you're seventeen

O passado.
Uma sucessão de vergonhas, alheias e por mim mesma, e de leves arrependimentos, mas também, de uma pá de lembranças boas. De mini flashbacks que me fazem rir sozinha, que me dão saudade de quem eu era, e de quem me cercava, até das coisas que eu não pensava antes de dormir. Caramba, dias bons esses em que eu não pensava em nada antes de dormir.
É um filme que eu sei as falas todas, uma música que me fazia tropeçar sempre no mesmo buraco na calçada, alguém que era tão próximo apesar de todos os km de distância.
Péssimo dia pra nostalgia.
Na iminência de completar vinte anos, é normal gostar mais de você quando tinha 17?
Que fim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

I like it rough.
Evitem delicadezas.