domingo, 14 de junho de 2009

As anciãs e eu

Eu gosto de passar um tempo com as anciãs da minha tribo, rs.
Quase sempre elas estão falando de igreja, missas, padres, salmos, ou então de dívidas, dias de pagamento, bancos, bingos, ou ainda de doenças, dores, mortes. Quase sempre eu escuto 'blá blá blá whiskas sachê blá blá vô mandar ela telefonar pra ele blá blá' . De vez em quando ficamos todas em silêncio, respirando lenta e ruidosomanente, sem falar nada, só encarando todos esses livros de processo penal e códigos e vade mecums da vida.. Essa é a hora de qualidade.
Nenhuma palavra, história ou lição de moral, nada ensina mais a sabedoria dos anos que esses silêncios. Em que elas e eu pairamos nesse plano entre a inconsciência e a realidade, deixando nossos corpos nesse estado semi-vegetativo que nos cai tão bem em tardes frias como essa.
Até que elas me mandam levantar e fechar a janelas, antes que todos peguemos uma pneumonia.

d-.-b Stellar - Incubus

3 comentários:

  1. comentou no blog de livro que EU favoritei né?
    uhahuauhauahuhauha
    Nem parece aquela menina reclamando que não pode botar 'qualquer um' !
    huahuahuauhauhuhauhauhauha
    ai eu sou pessima, desculpa!
    Eu tb adoro anciãos! São pessoas sabias! Não sei porque mas me lembram RPG! uhahuauhauha

    ResponderExcluir
  2. cara, tbm n sei pq te lembrar rpg.
    qq eu posso fzr, eu quero mesmo ler dark hunters, vc sabe como eu sou com subliteratura para mulheres asdpokase

    ResponderExcluir
  3. ai se vc entrar nesses blogs vc ve mais links de mais blogs de literatura e assim em diante ai vc fica loucz pq sao mtos blogs pra ler e acomapanhar aí vc morrybjsnaoligue
    ;*

    ResponderExcluir

I like it rough.
Evitem delicadezas.