sexta-feira, 10 de julho de 2009

I don't wanna fall in love

E então o 'nós' não existiria mais, só o 'eu' e o 'você', e eu nunca mais te repreenderia por ser tão certo de si mesmo e charmoso e por não conseguir manter o que você tem dentro das calças só pra nós dois. E você nunca mais me diria o quanto eu te irrito e completo , e nem me faria acreditar que essa foi a última vez, de novo. Porque não existe mais 'nós'.
E eu espero que você encontre o que quer que seja que você está procurando, porque toda essa meteção em qualquer coisa que se mova perto de você só pode ser uma espécie de busca, ou então uma doença, e que quando você a encontre, ela seja suficiente pra você, como eu não fui, nem nunca chegarei a ser. O ruim é que você também nunca foi bem o suficiente pra mim...sempre foi mais, muito mais do que eu queria, merecia ou pude suportar.

Um pedacinho de uma fic muito mela-cueca que eu comecei a escrever a um tempão e achei esses dias.. essa era a parte que a heroína cansava de ser corna e ia embora, mesmo gostando muito do cara. Ou porque gostava muito do cara. Muito clichê, eu sei. Vou dar um jeito nisso, afinal estou de férias, uru.

2 comentários:

  1. raissa fic total... é engraçado como voce tem um jeito seu de escrever. É quase único. Se eu nao soubesse q foi vc q escreveu, eu total ia falar que era a sua cara isso! Juro! hahahaha
    9 dias, 9 dias!

    ResponderExcluir
  2. ISDJASOJDAISEJADPOKAS eu tenho um jeito meu de escrever? qq
    queria ter um jeito meu de desenhar.. n tenho traço próprio, comofas?
    NOVE DIAAAS

    ResponderExcluir

I like it rough.
Evitem delicadezas.