segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Vontade que dá e passa. E dá outra vez.

O que é sempre interessante é com frequência querer mudança, mudança, quero uma coisa nova, novidade, diferente, alguma coisa, qualquer coisa, pelo amor de deus, me dê alguma coisa nova, e aí, querer aquela vibe antiga de volta, querer o passado outra vez, só mais uma vez, que nem daquela vez, por favor, pelo amor de deus, vamos fingir que é 2006/ 2007/2008, vamos ser que nem éramos antes disso, por favor, eu preciso me sentir que nem eu me sentia antes.

Não dá pra gostar do que é agora? Ahm?

2 comentários:

  1. Viver é exatamente isso:
    oscilar entre a saudade do passado
    e a ansiedade pelo futuro! : )

    Um beijo,
    doce de lira

    ResponderExcluir
  2. é... o que a gente faz com essa insatisfação? se descobrir, me conte...

    ResponderExcluir

I like it rough.
Evitem delicadezas.