domingo, 16 de maio de 2010

vinte e um.

Existe um número limitado de vezes que você pode cometer o mesmo erro.
Usar as mesmas desculpas, culpar a bebida, o inferno-astral, a solidão, a solidão, a solidão.
Existe um número limitado de vezes que você pode cometer o mesmo erro.

5 comentários:

  1. E 21 não é mera coincidência... ;D
    Boa, Raíssa!

    ~*

    Aproveitando, meu blog "O Óbvio Utópico" está concorrendo ao Prêmio "The Best GB 2010", realizado pela Gazeta dos Blogueiros, se não for incômodo, você poderia dar o seu voto? Segue o link: http://migre.me/Fox0

    Obrigada! *_*



    http://o-obvio-utopico.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. nem errar à vontade a gente pode...

    :*

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Errar uma vez é experiência, 2 vezes é burrice.

    ResponderExcluir
  5. O primeiro erro que a gente comete é nascer. Mas a gente erra de novo, insistindo em continuar vivendo.
    Eliane F.C.Lima (http://poemavida.blogspot.com)

    ResponderExcluir

I like it rough.
Evitem delicadezas.